Apresentação

A Feira do Empreendedor 2016 tem o objetivo de incentivar a geração de intercâmbios e parcerias, disseminar tecnologias, inovações e oportunidades de negócios, além de promover um ambiente favorável à empregabilidade em Pernambuco. O evento, este ano, proporciona duas visões diferentes do universo empreendedor:Oportunidades de Negócio e Empregabilidade, apresentando para os pernambucanos, inúmeras possibilidades de abrir ou ampliar negócios ou desenvolver um perfil profissional para o mercado de trabalho, atendendo as demandas dos pequenos negócios nas duas vertentes. Serão mais de 160 atividades gratuitas, em quatro dias de evento, com uma gama diversificada de ações para os mais diversos públicos como: palestras, seminários, oficinas, atendimento personalizado, orientação, tecnologia e inovação, espaços interativos e exposição de produtos e serviços. O Sebrae e sua rede de parceiros transformarão o agreste pernambucano no maior espaço de empreendedorismo do Estado. Tudo isso, e muito mais para você empreender ou desenvolver seu perfil profissional.

Informações

PERÍODO DE REALIZAÇÃO

09 a 12 de novembro de 2016.

LOCAL

Senac Caruaru
Av. Maria José Lyra, 140 - Indianópolis, Caruaru - PE

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

De quarta a sábado: das 14h às 22h.

Público Alvo

Candidatos que tenham interesse em abrir uma empresa, empresários interessados em ampliar ou diversificar seus negócios, microempreendedores individuais, produtores rurais, estudantes universitários e de cursos profissionalizantes, pessoas que buscam empreender e complementar sua renda, investidores, entre outros, são bem-vindos ao evento.

Microempreendedor Individual (MEI) - O Microempreendedor Individual é o empresário que fatura anualmente até R$ 60.000,00 (sessenta mil reais); é optante pelo Simples Nacional e não tem participação em outra empresa como sócio ou titular; possui no máximo um único empregado que recebe um salário mínimo ou o piso salarial da categoria profissional; e exerce uma das atividades regulamentadas (elencadas na Resolução 58/2009, atualizada pela Resolução 78/2010), de acordo com a Lei Complementar n.o 128/2008, alterada pela Lei Complementar n.o 139/2011

Para fins de atendimento do Sebrae:

a) Microempresa - são consideradas microempresas as empresas de origem brasileira que possuam natureza jurídica compatível com as atividades mercantis e faturem anualmente valor menor ou igual a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais). O valor teto de faturamento tem como base os valores estipulados para adesão ao Simples Nacional (regime de tributação simplificado) conforme Lei Complementar n.o 123/2006, alterada pela Lei Complementar n.o139/2011.

b) Empresa de Pequeno Porte - são consideradas empresas de pequeno porte as empresas de origem brasileira que possuam natureza jurídica compatível com as atividades mercantis e faturem anualmente mais de R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) e não mais de R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais), somadas as empresas exportadoras aderentes ao Simples Nacional que faturem até R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) no exterior. O valor teto de faturamento tem como base os valores estipulados para adesão ao Simples Nacional (regime de tributação simplificado) conforme Lei Complementar n.o 123/2006, alterada pela Lei Complementar n.o 139/ 2011.

Para fins de atendimento do Sebrae, são considerados produtores rurais as pessoas físicas que explorem atividades agrícolas e/ou pecuárias, nas quais não sejam alteradas a composição e as características do produto in natura, faturem até R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) por ano e possuam inscrição estadual de produtor, declaração de aptidão ao PRONAF (DAP), ou CNPJ. Soma-se a esse grupo o dos pescadores com registro no Ministério da Pesca.

Para fins de atendimento do Sebrae:

Potencial Empresário: são considerados potenciais empresários os indivíduos adultos (com mais de 18 anos), que possuem negócio próprio, mas sem registro no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) ou inscrição estadual (no caso do produtor rural); e os indivíduos adultos que ainda não possuem negócio próprio, mas que estão ativamente envolvidos na sua estruturação.

Potencial Empreendedor: O Sebrae também desenvolve, em consonância com a sua missão, atividades de fomento à cultura empreendedora, nas quais pode capacitar, orientar ou levar informações a pessoas que ainda não estejam ativamente envolvidas na estruturação de um negócio (potenciais empreendedores), visando a despertá-las para o empreendedorismo e desenvolver suas capacidades empreendedoras.

Realização e Apoio

Este evento será filmado/fotografado e disponibilizado nas mídias sociais/digitais.