12 de Novembro de 2016

Por negócios e cidades mais sustentáveis

Por negócios e cidades mais sustentáveis

A vida do artesão João Batista é cercada de coincidências e de quatro números que acompanham a história de sua família há mais de 100 anos. Os números são 1805 e se referem à data de nascimento de sua avó, Maria dos Santos, no dia 18 de maio. E também ao dia em que ela deu a luz à mãe dele. E ainda: foi em 18/05 que ela faleceu, aos 107 anos, ainda lúcida e em boa saúde. Dona Maria ensinou João Batista a enxergar naquilo que as pessoas entendem como “lixo” uma forma de ganhar dinheiro e contribuir para um mundo mais limpo.
“Ela ensinou a todos os seus netos a transformar esse material jogado fora em produto bom pra ser comercializado e reutilizado. Hoje, devemos muito a ela”, João conta. O conhecimento repassado pela sua avó o ajudou a formar a Associação dos Catadores de Resíduos Sólidos de Caruaru, que conta com 260 cadastrados e é responsável pela necessária coleta seletiva dos dejetos produzidos durante a Feira do Empreendedor.

A ação integra o conjunto de medidas capitaneadas pelo projeto de Sustentabilidade do Sebrae em Pernambuco. Além da coleta, o evento conta com outras iniciativas para diminuir o impacto ambiental gerado, como o uso de copos ecologicamente corretos e ainda a presença de painéis de energia solar: aparelhos direcionados para diminuir o consumo de eletricidade. Com o objetivo de aprofundar questões referentes à temática, o Centro Sebrae de Sustentabilidade oferta aos visitantes atividades como palestras e oficinas, a exemplo de “Negócios de Impacto”, qualificação elaborada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

“A proposta do Sebrae é mostrar que a oportunidade de negócio pode ser rentável, quando favorece a sociedade e o meio ambiente. É importante disseminar que sustentabilidade dá lucro e contribui para alcançar desenvolvimento e competitividade nas empresas, fortalece o negócio, porque impacta na gestão de custos, desenvolve a economia e gera soluções para modificar e melhorar as operações e os hábitos da própria empresa e da sociedade como um todo”, afirma Rosiane Andrade, responável pela programação do espaço.

Para ajudar a Associação dos Catadores de Resíduos Sólidos de Caruaru com doações de materiais para reutilização, o número do telefone é o (81) 99410.9323

Realização e Apoio

Este evento será filmado/fotografado e disponibilizado nas mídias sociais/digitais.